Desenvolvimento imobiliário em São Paulo: em defesa de uma análise política

Com destaque para o cenário paulistano, o artigo recupera historicamente o desenvolvimento do setor imobiliário, faz um balanço da produção já realizada sobre o tema e traça perspectivas futuras de análise deste agente setorial da política urbana. A partir da revisão das principais pesquisas que versam sobre a incorporação imobiliária e seus temas correlatos, organizou-se tais estudos em cinco períodos que encerram um conjunto coeso de instituições impactantes na atividade da incorporação imobiliária e na formação de seu mercado econômico em São Paulo. O artigo aponta para a necessidade de uma canalização de esforços para a compreensão da produção urbana por meio da análise estruturada da prática política dos agentes sociais envolvidos na construção das cidades e das relações que estabelecem com o poder público na consecução de políticas.