A cidade de São Paulo e o setor imobiliário: incorporação residencial paulistana entre os anos 1985 e 2011

O artigo descreve a dinâmica dos lançamentos imobiliários residenciais na região metropolitana de São Paulo (RMSP) no período entre 1985 e 2011, incluindo tanto características de preço e tamanho das unidades habitacionais lançados quanto a distribuição dos lançamentos no espaço. Para tanto, utilizou-se o banco de lançamentos residenciais produzido pela Embraesp. A pesquisa mostra que a produção residencial privada ocorre segundo ciclos de produção, os quais são impactados por políticas e políticas públicas municipais, mas predominantemente são afetadas pelo cenário macroeconomico do país e por políticas públicas do governo federal. O último ciclo (2007-2011) ainda pouco abordado pela literatura especializada mostrou que não obstante o exito financeiro das empresas incorporadoras que abriram capital, observa-se no período recente o atendimento da demanda por empreendimentos mais populares, sendo tanto alto o alto valor total lançado no mercado quanto grande número de unidades produzidas.

Artigo completo:

http://www.fflch.usp.br/centrodametropole/upload/aaa/175-sd_2013_mesa_5.1_telma_hoyler.pdf

Anúncios