Government, Political Actors and Governance in Urban Policies in Brazil and São Paulo – Concepts for a Future Resaerch Agenda

Políticas públicas são produzidas por conexões entre diversos atores, inseridos em ambientes institucionais, ultrapassando fronteiras organizacionais. No entanto, análises detalhadas sobre os ambientes nos quais as políticas públicas são desenvolvidas são relativamente raras no Brasil. Eu acredito que o conceito de governança pode ajudar a preencher essa lacuna Não obstante, esse conceito possui diferentes significados que têm circulado confusos e cacofônicos na América Latina. Nesse artigo analítico, eu construo uma definição de governança baseada tanto no debate local, como na literatura internacional recente e útil ao estudo de políticas urbanas no Brasil que vai além das fronteiras de governo mas especifica os elementos a serem investigados.
O artigo começa discutindo criticamente os usos do conceito de governança na América Latina e especialmente no Brasil, destacando algumas das mais importantes problemáticas presentes nas análises existentes, a fim de propor uma definição operacional alternativa. Em seguida discuto os atores políticos mais relevantes na política urbana brasileira e então utilizo esses elementos para discutir a governança das políticas relativas à produção do ambiente construído.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s